Sábado, 12 de Maio de 2007

Desta vez não vou de branco e negro, não estou com o stress nos píncaros, não está um calor arrebatador, só possível na planície... Mas vão haver capas pretas preenchida de cores, levantadas e agitadas, de modo a que as fitas fluam no ar, vão haver vestidos bonitos de familiares orgulhosos, vão haver abraços, lágrimas, angústias mascaradas de alegrias, alegrias mascaradas de angústias.

E eu, dolorosamente vou voltar ao passado, ao meu momentos de agitar a capa cheia de cores, ao meu momento de abraçar todos aqueles de quem me iria separar, ao meu momento de comemorar 5 anos de grande intensidade. Ainda só passou um ano... já se passou um ano... e que ano!

Parabéns à minha Lígia. Hoje é o momento dela.




Sexta-feira, 11 de Maio de 2007
... quero ser pequenina, muito pequenina.


apoquentado por Béu às 11:51 | linque da apoquentação | mandar pitafe

Quarta-feira, 9 de Maio de 2007
Leia-se túnel como : "Bispo de Pamplona recomenda voto na extrema direita" Público, 8/5/07

Leia-se luz como: "Quem são e o que querem os católicos críticos (...) Sim, falam do preservativo, querem o fim do celibato obrigatório, pedem um papel mais importante para as mulheres. (...)"não é a prática religiosa que está em primeiro lugar no evangelho, é a prática da justiça e do amor: o que fizeste pelo estrangeiro, por quem tinha fome?"" Idem

Uffa, um contra ciclo!!!!


apoquentado por Béu às 09:32 | linque da apoquentação | mandar pitafe

Comemorou-se ontem o fim da II Guerra Mundial. No dia 8 de Maio de 1945, pelas 23h a Alemanha rendeu-se aos aliados.

Infelizmente os valores criados por uma mente insana e oportunista de um momento de fragilidade, parece que estão cada vez mais em voga, mesmo passados mais de 60 anos, e acima de tudo, mesmo depois de todos já termos conhecido, à distância dos anos, o horror das vidas roubadas gratuitamente.

Acredito em ciclos e contra ciclos e espero ansiosamente que surja um contra ciclo capaz de revitalizar aqueles velhinhos e fora de moda valores da revolução francesa: igualdade, liberdade e fraternidade, em toda a sua plenitude.

A todos os Homens vitimas de outros Homens...


apoquentado por Béu às 09:20 | linque da apoquentação | mandar pitafe

Segunda-feira, 7 de Maio de 2007

Ganhou Alberto João, ganhou Sarkozy. Já tinham ganho Fátima Felgueiras, Isaltino Morais, Valentim Loureiro. Faltou Avelino Ferreira Torres. Até Salazar ganhou, pela primera vez, na vida e na morte, que foi a eleições.

É disto que o povo gosta sim senhor. Tragam mas é uma mini e um prato de tramoços pá malta comemorar, que tristezas não pagam dívidas!



apoquentado por Béu às 17:00 | linque da apoquentação | mandar pitafe

Excesso de Salazarismo em menos de 5 metros quadrados... é necessário dispersar rapidamente. A estrada está esburacada, daquela forma irritante que faz o carro guinar; ainda falta mais de uma hora para a sessão. Mas há estímulos que bastem, tecidos de muitas cores, muitos solitários no meio de famílias, de multidões, actividades de cariz social a decorrer e a tentação evitada de um vestido verde tropa, demasiado apertado no peito. Um jornal, bem mais em conta do que o vestido, um café e uma água das pedras com gelo e limão. O suficiente para consumir os quase 60 minutos que ainda faltam. A ausência da menina de cabelos loiros e as eleições marcam a actualidade. E no meio: a igreja acaba com o limbo. Afinal deixa de haver portagem. Via verde, ou para o céu ou para o inferno. Ganham as crianças que não foram baptizadas, mas que pela sua inocência, ascendem, sem passar pela casa de partida, ao reino de Deus nosso senhor. Bem haja a igreja moderna, sempre atenta às questões importantes dos nosso tempo.

E chega a hora. Passagem rápida pelo WC. "Boa tarde. Sala 2." Vazia, completamente vazia. Penso: bela metáfora para a solidão solarenga de um Domingo à tarde. Mas vão chegando, amiúde, poucochinhos, insuficientes para dar um tom de pele ao azul escuro das cadeiras. O resto? "Não digas a ninguém"... Ninguém te vai ouvir...



apoquentado por Béu às 16:38 | linque da apoquentação | mandar pitafe

Sábado, 5 de Maio de 2007

Única- Expresso 5/05/07


"Cada povo tem o líder que merece" Kofi Annan... algures


Se cada povo tem realmente o líder que merece, não tenho a certeza, talvez por medo de aceitar que é indíscutivelmente verdade.


Mas que "é disto que o povo gosta" não tenho a mais pálida dúvida!


apoquentado por Béu às 12:02 | linque da apoquentação | mandar pitafe

Um dia ele chegou tão diferente do seu jeito de sempre chegar
Olhou-a dum jeito muito mais quente do que sempre costumava olhar
E não maldisse a vida tanto quanto era seu jeito de sempre falar
E nem deixou-a só num canto, p'ra seu grande espanto convidou-a p'ra rodar


Então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar
Com os seu vestido decotado cheirando a guardado de tanto esperar
Depois os dois deram-se os braços como há muito tempo não se usava dar
E cheios de ternura e graça foram para a praça e começaram a se abraçar

E ali dançaram tanta dança que a vizinhança toda despertou
E foi tanta a felicidade que toda a cidade enfim se iluminou
E foram tantos beijos loucos
Tantos gritos roucos como não se ouvia mais
Que o mundo compreendeu
E o dia amanheceu
Em paz

(Valsinha Vinicius de moraes/Chico Buarque)

E se o mundo nunca compreender, vale a pena desistir?



mais sobre mim
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


apoquentações fresquinhas

The end

Se a perfeição existe...

Setembro 2011

Every teardrop is a water...

Meia de proposta

Fecha a porta, que faz co...

O meu favorito do mestre ...

Para quem não acredita qu...

Dancing terapia queen

Faz hoje 7 anos

past

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

a gata

alentejo

amizade; morte

analogias

aniversário

balanço

carnaval

coisas

coisas boas

coisas que irritam

comida

crises existenciais

desabafos

férias

filmes

homens

inspira-me

mina

mina a gata

natal

nomes

nostalgia

observações

país

pessoas

primavera; flor

prisão

saudades

signos

sócrátes

testes

trabalho

viagens

todas as tags

os mais espectaculares

Ensaio sobre a bestialida...

E se um dia

Líquidos

Liberdade?

Domingo à tarde

?

Avô Hique

Ode parte I

A sazonalidade

Noites dedilhadas...

linques
blogs SAPO
subscrever feeds